sexta-feira, 1 de julho de 2016

O tempo cura

Acabou aquele ano que seria o meu "ano de pausa" . E se eu imaginava que ia ser assim? Longe disso.
Não gosto de Setembro, quem me conhece sabe isso. E se já não gosto de Setembro quando falamos do Setembro de 2015 falamos do meu pior mês, de sempre. Ver todos os que são meus a viverem uma realidade diferente e eu fora dessa realidade custou. Chorei várias vezes, mas nunca me arrependi. Eu sabia que era o melhor para mim.

O tempo foi passando, fui começando novos projetos na minha vida. Comecei a conhecer gente nova, comecei a dar explicações, e as coisas foram acontecendo pouco a pouco. Não vou dizer que foi fácil, estaria a mentir. Foi das piores fases que já passei. Não só a nível pessoal, não só a nível de saúde mas também em relação ao meu namoro.

Quando leio o blog do início do ano lectivo sinto que tudo aquilo que sofri foi intenso e verdadeiro.

E de repente, o ano lectivo acaba. Quando dei por mim já estava em Maio e estava a estudar para os exames nacionais. Estava a estudar com a mesma convicção e a mesma vontade de vencer que tinha quando frequentei o meu 12º ano. E percebi que não fui a única a ficar um ano para trás. Há tanta gente que ficou por tantos outros motivos. 


Quando fazemos um ano de pausa percebemos que há vida para além da escola. E percebemos que há tanta coisa que podemos fazer por nós e pelos outros que nós não sabíamos. Entrar para a empresa onde trabalho agora, foi das melhores coisas que me aconteceu este ano. Por várias razões. E tudo o que vivi durante este ano foi tão intenso que eu estou realmente feliz por ter tomado esta decisão.
Se alguém um dia me perguntar se aconselho eu direi com todas as certezas que é o melhor que podem fazer se não tiverem certezas do que querem fazer da vida. Porque eu não perdi um ano da minha vida. Eu ganhei. E todas as coisas que ganhei este ano (para além do dinheiro) fizeram-me mesmo feliz!

5 comentários:

  1. Por vezes é mesmo importante fazer essa pausa, precisamente por nos ajudar a reorganizar a nossa vida!

    ResponderEliminar
  2. Acho óptimo que, um ano depois, estejas feliz com a tua escolha. É o mais importante! :)

    ResponderEliminar
  3. este post é tão importante!! o ano em que fiquei a repetir matemática foi tão... nem sei! valeu a pena, apesar de tudo!

    ResponderEliminar
  4. Fico muito feliz por teres visto esse ano de pausa dessa forma. :)

    http://mariana-a-desorientada.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Que bom ler estas tuas palavras! Quais são agora os planos? :)

    ResponderEliminar